Contaminação de areia por parasitos de importância humana detectados nas praias da orla marítima de Maceió-AL / Sand contamination by parasites of human importance detected on the beaches of the coastline of Maceió-AL

José Joaquim Graciliano Neto, José Alex Carvalho de Farias, Thiago José Matos-Rocha

Resumo


Objetivos: Este trabalho teve como objetivo avaliar a contaminação de areia de praias da orla marítima de Maceió por parasitos. As praias pesquisadas foram Jatiúca, Ponta Verde, Pajuçara e Cruz das Almas. Material e métodos: foi realizado um estudo transversal. As áreas selecionadas eram aquelas que possuíam fluxo de pessoas, foi feito a separação da areia seca da areia úmida, sendo em seguida feita a coleta de 2 amostras nas profundidades de 10 cm e 20 cm. Depois era dado 10 passos para direita e realizava uma nova coleta, obtendo-se 20 amostras de cada praia. Estas amostras foram levadas ao laboratório de pesquisa do Campus I do Cesmac e processada por dois métodos parasitológicos: Hoffman, Pons e Janner para pesquisa de ovos e cistos e Baermann-Moraes para larvas. O sedimento e o liquido resultante respectivamente de cada técnica eram colocadas na lâmina para leitura. Resultados: O nível de contaminação foi de 83,75% para as formas parasitárias, sendo da espécie Strongyloides sp. da família Ancylostomatidae e cistos de protozoários. Conclusão: Os resultados permitem concluir que foi elevado o índice de contaminação na areia das praias de Maceió por parasitos. Os resultados apresentados apontam para a necessidade de medidas de prevenção e controle por partes dos órgãos públicos visando à educação sanitária das pessoas e comerciantes que frequentam estes ambientes.

Descritores: Praias, Areia, Helmintos, Parasitos, Larva migrans/parasitologia


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.