Sistematização da assistência de enfermagem: vantagens e dificuldades na implantação / Systematization of nursing care: advantages and difficulties in implementation

Geisa da Silva Reis, Maria Angela Reppetto, Luciana Soares Costa Santos, Acácia Maria Lima de Oliveira Devezas

Resumo


Objetivos: a pesquisa objetivou identificar as dificuldades dos enfermeiros na implantação da Sistematização da Assistência de Enfermagem-SAE, em unidades de internação de uma instituição hospitalar e descrever as vantagens da sua implementação  pelos enfermeiros de unidades de internação de uma instituição hospitalar. Método: pesquisa descritiva, exploratória e abordagem quantitativa, com amostra de 30 enfermeiros. Os dados foram coletados em oito unidades de internação de um hospital de ensino, após a aprovação do projeto pelo CEP (Parecer nº Projeto n° 008/12) da instituição. Resultados: a fase da SAE com mais dificuldades de implantação foi a do Diagnóstico de Enfermagem devido à falta de tempo, excesso de atividades do enfermeiro e número excessivo de pacientes. Identificou-se como vantagens a melhoria da qualidade no atendimento e a valorização de suas atividades. As sugestões dos enfermeiros para a implantação da SAE, traduz-se em um adequado dimensionamento da equipe de enfermagem e a elaboração de um impresso apropriado. Conclusão: a realização da SAE é uma exigência legal e privativa do enfermeiro, fazendo-se necessária a sua implantação em todas as fases, considerando a importância da SAE como melhoria das práticas assistenciais da enfermagem.

Descritores: Enfermagem, Processos de enfermagem, Prática profissional, Diagnóstico de enfermagem


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.