Adenocarcinoma de cólon apresentando-se como hérnia epigástrica encarcerada: relato de caso / Colonic adenocarcinoma presenting as incarcerated epigastric hernia: case report

Beatriz Viesser Miyamura, Felipe de Seixas Alves, Wânia Hiromi Yanaguizawa, André Soares Gallo, Mauricio Alves Ribeiro, José Cesar Assef

Resumo


Hérnia epigástrica é a protrusão de componentes do abdome, sendo seu conteúdo principalmente gordura pré-peritoneal ou epíplon / alças intestinais que se deslocam através de um orifício na parede do abdome e são envoltas por saco herniário. O encarceramento da hérnia é sua principal complicação e pode levar ao hipofluxo das alças, necrose e obstrução intestinal. O quadro clínico manifesta-se por dor em região umbilical, nodulação e até hiperemia. Porém, esses sintomas não são patognomônicos de hérnia encarcerada. O envolvimento por metástases que cursam com quadro clínico semelhante, além de lipomas, sarcomas e hematomas subcutâneos deve ser considerado. Reportamos caso de paciente de 36 anos que procurou o pronto-socorro com sintomas relatados acima e 2 meses de história. Exames complementares apontaram processo infiltrativo proveniente de trato gastrointestinal, confirmado pelo anatomopatológico de adenocarcinoma moderadamente diferenciado ulcerado invasivo (pT4ApN2A). Paciente teve alta após 7 dias de internação e segue em acompanhamento ambulatorial.

Descritores: Adenocarcinoma/complicações, Colo, Hernia abdominal, Parede abdominal


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.