Esofagite péptica e estenose esofágica: revisão da terapêutica nos últimos 10 anos / Peptic esophagitis and esophageal stenosis: review of last 10 years treatments

Doy Lagus Rosemberg, Guilherme Maia Oliveira, Mike Shyu, Rafael Villano Krentz, Mateus Quaresma Mendonça, Ruy França de Almeida, Celso de Castro Pochini, Danilo Gagliardi

Resumo


Este trabalho tem como objetivo rever os tratamentos propostos para a estenose péptica nos últimos 10 anos. Para isto foi feito um levantamento dos artigos publicados nos últimos 10 anos que sugerem um tratamento para essa doença. Os tratamentos encontrados na literatura foram Inibidores de bomba de próton (IBP), dilatações endoscópicas com ou sem auxílio de injeção de corticoide intralesionais, stents e cirurgia. Dessa forma verificamos que todos os pacientes devem usar IBP e, como primeira forma de tratar a disfagia da doença, devem recorrer a dilatações endoscópicas. Caso o paciente permaneça sintomático a opção mais definitiva é a cirurgia.

Descritores: Esofagite péptica, Estenose esofágica, Refluxo gastroesofágico, Terapêutica

 


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.