XIII Jornada Acadêmica do Curso de Fonoaudiologia e II Encontro do Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo - Resumos

Ana Luiza Gomes Pinto Navas, Kátia de Almeida, Alessandra Spada Durante, Cristiane Stravino Messas, Margarita Wieselberg, Michele Devido dos Santos, Paulo Melo, Osmar Mesquita de Sousa Neto, Carla Tieppo, Andrezza Bulhões, Evelyn Freitas, Fatima Zahra, Karollyne Vieira, Stephanie Zeferino, Giovanna Casarotto de Oliveira Leite, Dhyanna Domingues Suzart, Adriana Rahal Rebouças de Carvalho, Camila Rodrigues Barboza de Andrade, Amalia Rodrigues, Mariana Piassa, Gabriela dos Santos Vera Ortiz, Guadalupe Marcondes de Moura, Adriana Limongeli Gurgueira, Evelyn Fabiana Costa, Josiane de Assis Silva Lopes, Byanka Cagnacci, Raiza Gorbachev Ribeiro Aguiar, Elisiane Crestani de Miranda Gonsalez, Olívia Mesquita Vieira de Souza, Michelli Cruz Teixeira, Julia dos Reis Tognozzi, Ana Caroline Zentil Polzin, Jeniffer de Cássia Rillo Dutka, Angela dos Santos Costa, Clara Domingues, Lais Teixeira Argolo, Cilmara Cristina Alves da Costa Levy, Danielle Oliveira da Silva Santos, Maria Cecília Greco, Mariana Louver Mendes, Rafaela Gregorut Ramos, Gabriela Aparecida Couto, José Henrique Moura Quirino, Rosane Lowenthal, Juliana Cristina Ferreira Macedo

Resumo


Este Suplemento especial da Revista Arquivos Médicos da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa congrega os Resumos Expandidos dos trabalhos selecionados e apresentados na XIII Jornada Acadêmica de Fonoaudiologia da FCMSCSP e II Encontro do Mestrado Profissional em Saúde da Comunicação Humana, evento ocorrido de 9 a 11 de Setembro de 2015. Estão sendo publicados nesse fascículo quatorze resumos de estudos em diferentes áreas da Fonoaudiologia como Linguagem, Audiologia, Motricidade orofacial e Saúde Coletiva. No estudo de Leite e Santos intitulado “Comparação pré e pós-operatória de pacientes submetidos ao tratamento cirúrgico da doença de Parkinson: aspectos fonoaudiológicos” foram identificadas as dificuldades de linguagem, fala e deglutição de pacientes com doença de Parkinson submetidos a cirurgia. Domingues Suzart e Carvalho estudaram as “Alterações de tônus e mobilidade de língua relacionadas às alterações do frênulo lingual”. Barboza de Andrade e Rodrigues desenvolveram um “Protótipo de material didático-terapêutico para estimulação de habilidades semânticas”. Piassa, Ortiz, Moura, Gurgueira e Costa verificaram o conhecimento dos agentes de saúde a respeito do acompanhamento de pessoas com deficiência no trabalho intitulado “Pessoas com deficiência na Atenção Básica: sensibilização dos agentes comunitários de saúde para identificação, cadastro e acompanhamento. ” Silva Lopes e Cagnacci Buzzo estudaram a “Influência do Ruído no Reconhecimento de Fala em Indivíduos com Audição Normal e Queixa de Zumbido”. Aguiar, de Almeida e Gonsalez apresentaram um estudo sobre a “Reprodutibilidade (teste-reteste) e consistência interna da versão em português brasileiro do questionário Speech, Spatial and Qualities of Hearing Scale (SSQ)”. Vieira de Souza, Teixeira, Tognozzi, Polzin e Dutka descreveram os efeitos da terapia fonoaudiológica intensiva em um caso de “Síndrome Velocardiofacial e a Terapia Fonoaudiológica Intensiva: Estudo de Caso.” Os autores Costa e Durante estudaram a “Percepção do ruído ambiental e seus efeitos nocivos, no contexto escolar”. Domingues e de Almeida caracterizaram a “Limitação em atividades de vida diária e restrição de participação em idosos com perda auditiva”. Argolo, de Almeida e Levy em seu estudo realizaram a “Avaliação do uso, desempenho e benefício em crianças surdas usuárias de prótese auditiva ou implante coclear”. Greco e Santos realizaram um estudo para avaliar o “Reconhecimento de fala no ruído em músicos com audição normal”. Mendes, Ramos, Couto, Moura e Gurgueira realizaram um “Mapeamento da rede de saúde, lazer e cultura para pessoa com deficiência no centro de São Paulo”. Quirino, Moura, Gurgueira e Lowenthal realizaram 8 ARQUIVOS MÉDICOS dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo uma pesquisa sobre o “Desenvolvimento de material sobre sinais de risco para transtorno do espectro autista de 0 aos 36 meses em formato acessível a todas as deficiências”. Macedo e Durante realizaram um estudo cujo objetivo foi descrever a “Análise dos marcos referenciais e ocorrência dos indicadores de risco auditivo em programa de triagem auditiva neonatal de um hospital público”. Esperamos que os leitores apreciem o conteúdo desse suplemento e que esse sirva como divulgação da atuação da Fonoaudiologia contribuindo para a formação científica e prática de fonoaudiólogos e de profissionais afins.

Diretoria do Curso de Graduação em Fonoaudiologia

Profa. Dra. Ana Luiza Gomes Pinto Navas – Diretora

Profa. Dra. Kátia de Almeida – Vice-Diretora


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.