Carcinoma de vesícula biliar invasivo simulando Tumor de Klatskin: relato de caso e revisão da literatura / Invasive gallbladder carcinoma simulating Klatskin tumor: case report and literature review

Adriana Moreno Morgan, Caroline Naomi Silvas Seto, Taísa Mulatti Brigatto, Thaís Válio Roque da Silva, André de Moricz, Rodrigo Altenfelder Silva, Adhemar Monteiro Pacheco Júnior, Tercio De Campos

Resumo


O carcinoma de vesícula biliar é caracterizado por alta malignidade, crescimento rápido, metastização precoce e prognóstico ruim. A presença de icterícia indica um estágio avançado da neoplasia com invasão da via biliar.O presente estudo traz o relato de caso de uma mulher de 70 anos, que procurou assistência médica com quadro de icterícia obstrutiva e emagrecimento. Realizou USG e TC de abdome que evidenciou vesícula em porcelana e dilatação das vias biliares intra e extra-hepática. Foi realizada colecistectomia com ressecção da via biliar principal com anastomose biliodigestiva em Y de Roux. O diagnóstico pós-operatório foi de adenocarcinoma de vesícula biliar, apesar de no intra-operatório ser levantada a possibilidade de Tumor de Klatskin devido ao acometimento da via biliar principal. A derivação biliodigestiva no tratamento das neoplasias do trato biliar é procedimento que alivia o quadro ictérico melhorando a qualidade de vida, e pode ser utilizado também quando há irressecabilidade tumoral. O presente relato ressalta a importância dos aspectos relativos às alterações em exames de imagem fundamentais no diagnóstico das neoplasias das vias biliares.

Descritores: Neoplasias da vesícula biliar, Carcinoma, Vesícula biliar, Neoplasias do sistema biliar, Tumor de Klatskin


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.