Avaliação do olfato de pacientes submetidos a cirurgias nasais e nasossinusais no Hospital Central Santa Casa de São Paulo / Assessment of smell of patients submitted to nasal and sinonasal surgeries in Central Hospital Santa Casa of São Paulo

Renata Santos Bittencourt Silva, Camila Ribeiro Amadio, Denis Tadeu Gomes Cavalcante, Lilian Teixeira Marçal, Lívia Souza Pereira, Arthur Guilherme Leite de Bettencourt Sousa Augusto

Resumo


Objetivos: Avaliar a influência das cirurgias nasais e nasossinusais no limiar olfativo dos pacientes submetidos a estes procedimentos. Métodos: Foram avaliados 30 pacientes que seriam submetidos à cirurgia endoscópica nasal, septoplastia e turbinectomia ou rinosseptoplastia. A avaliação consistiu nos testes de limiar e identificação de odor baseados no teste da Universidade de Connecticut. Os testes foram realizados no dia anterior à cirurgia e repetidos dentro de um período de dois a cinco meses após o procedimento cirúrgico. Resultados: Após as cirurgias onze (36,7%) pacientes apresentaram melhora dos Índices de Escores Combinados. Dezenove (63,3%) não tiveram mudança do Índice de Escore Combinado. Nenhum teve piora. Ainda hoje muitos pacientes não têm consciência do seu status olfativo mesmo antes de serem submetidos a procedimentos cirúrgicos. Resultados semelhantes também foram obtidos por outros autores. Kiemmelman observou que 66% dos pacientes apresentaram melhora do olfato ou mantiveram-no inalterado no teste UPSIT, enquanto 34% tiveram piora dos scores. Conclusão: O limiar olfatório é um dado de grande importância na avaliação pré- operatória dos pacientes que serão submetidos às cirurgias nasais. Esses procedimentos têm um impacto relevante nos limiares olfativos destes pacientes, sendo na sua maioria para melhor.

Descritores: Procedimentos cirúrgicos nasais, Transtornos do olfato, Olfato, Olfatometria


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.