Avaliação de pacientes com lesões traumáticas intraparenquimatosas cerebrais submetidos a tratamento neurocirúrgico – Estudo retrospectivo de 48 casos consecutivos / Evaluation of patients with traumatic intraparenchymal brain injuries undergoing neurosurgical treatment - a retrospective study of 48 consecutive cases

Guilherme Lellis Badke, José Carlos Esteves Veiga, Guilherme Brasileiro de Aguiar

Resumo


Objetivo: A hemorragia intraparenquimatosa cerebral está presente em mais de um terço dos traumatismos cranioencefálicos graves, estando relacionada à pior desfecho. O objetivo do estudo é caracterizar a amostra de pacientes submetidos a tratamento cirúrgico da hemorragia cerebral intraparenquimatosa traumática atendida em nosso serviço. Método: Foi realizado estudo descritivo e retrospectivo de 48 pacientes submetidos a tratamento cirúrgico de hemorragia intraparenquimatosa cerebral traumática num período de 18 meses, observando-se variáveis demográficas como idade do paciente, localização da hemorragia, tipo de tratamento cirúrgico empregado e presença de outras lesões cerebrais associadas. Resultados: Em nossa amostra houve predomínio do gênero masculino (87%). Quanto à idade, 14,5% tinham entre 21 e 30 anos, 15,5% entre 31 e 40 anos, 16,6% entre 41 e 50 anos e 25% entre 51 e 60 anos. As principais localizações anatômicas das lesões intraparenquimatosas cerebrais foram os lobos frontais (43%) e temporais (42%) e individualmente o lobo temporal direito foi o mais acometido (25%) seguido pelo frontal direito (23%). O hematoma subdural agudo (41,4%), a hemorragia subaracnóidea (22%) e o brain swelling (17,07%) foram as lesões mais frequentemente associadas. Os tipos de cirurgias mais comumente realizadas foram: drenagem da hemorragia intraparenquimatosa (54,16%) e drenagem da hemorragia intraparenquimatosa associada à drenagem de hematoma epidural (25%). Quanto aos desfechos, 58,33% dos pacientes receberam alta hospitalar e foram registrados 41,67% óbitos. Conclusões: Algumas características se destacaram em nossa amostra, dentre elas: a faixa-etária mais avançada em relação a outras séries e a mortalidade elevada.

Descritores: Traumatismos encefálicos, Hemorragia cerebral, Neurocirurgia


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.