A percepção dos profissionais de saúde sobre as ações em saúde de combate à dengue na comunidade do Jardim São Remo – Uma avaliação do PETSAÚDE/USP e CSE Butantã/ FMUSP / The perception of health professionals about health actions to combat dengue in the community San Remo Garden - An assessment of PETSAÚDE / USP and CSE Butantã / FMUSP

Maria Fernanda Terra, Raquel Aparecida Casarotto, Viviane Mandarino Terra, Angela Baroni de Góes

Resumo


Objetivo: Estudo realizado por alunos, profissionais de saúde e professores no programa PETSAÚDE/USP e CSE para conhecer a percepção dos profissionais de saúde sobre o controle da dengue na região atendida pela Estratégia Saúde da Família, a partir da categoria analítica Políticas Públicas de Saúde. Método: Foram realizadas entrevistas semi-estruturadas com 9 profissionais de saúde do setor da vigilância do CSE e da SUVIS, e Agentes Comunitários de Saúde. Utilizou-se da pesquisa qualitativa, a partir da análise dos discursos. Resultados: Os profissionais de saúde reconhecem a necessária mudança do foco das diretrizes assistenciais no combate aos criadouros para o cuidado aos doentes e evitar mortes, e consideram que mudou o padrão epidêmico da doença. Foi ressaltada a necessidade de melhoria das ações utilizadas no controle da dengue tendo em vista a sua sazonalidade e o impacto da descontinuidade das campanhas e ações. Há referência da falta de informação nas Unidades Básicas de Saúde sobre o impacto de ações que contribuíram para o real combate da dengue. Foi referido que o sistema público não tem recurso para liquidar o mosquito, pois há falta de sincronia entre a disponibilidade destes recursos e a dinâmica da ocorrência da doença. Conclusões: Os profissionais de saúde buscam responder as necessidades em saúde da população atendida em seu território considerando as diretrizes ministeriais definidas para a assistência e sua articulação nos diferentes níveis e seu alcance na comunidade; porém há percepção de que os cuidados não são tão efetivos conforme o esperado, e que as políticas públicas não têm respondido adequadamente a todas as necessidades exigidas para o controle desta epidemia.

Descritores: Dengue, Recursos humanos em saúde, Prevenção de doenças


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.