Higiene bucal para pacientes entubados sob ventilação mecânica assistida na unidade de terapia intensiva: proposta de protocolo / Oral hygiene for intubated patients assisted with mechanical ventilation in intensive care unit: proposal protocol

Juliana Bertoldi Franco, Sumatra Melo da Costa Pereira Jales, Camila Eduarda Zamboni, Fabio José Condino Fujarra, Márcio Vieira Ortegosa, Priscila Fernandes Ribas Guardieiro, Diogo Toledo Matias, Maria Paula Siqueira de Melo Peres

Resumo


As infecções na unidade de terapia intensiva (UTI) podem ser prevenidas através de múltiplos cuidados, como lavagem das mãos, elevação da cabeceira da cama, aspiração frequente das secreções orais, prevenção de tromboses, cuidados com sondas e cateteres. Em relação à pneumonia aspirativa associada à ventilação mecânica (PAVM), esta prevenção pode ser realizada através de protocolos de higiene bucal e procedimentos odontológicos para a remoção de focos infecciosos bucais, com o objetivo de reduzir a quantidade de microorganismos bucais, os quais podem ser aspirados, elevando o risco da PAVM, implicando diretamente no tempo de permanência do paciente na UTI e aumento do custo da internação. A instituição de um protocolo de higiene bucal proporciona conforto ao paciente e qualidade de vida, devendo ser realizada pela equipe de enfermagem devidamente treinada em relação a execução da técnica e cuidados pertinentes a anatomia da cavidade bucal. O objetivo deste trabalho é realizar uma revisão da literatura sobre PAVM e protocolos de higiene bucal em paciente assistido em UTI, e propor um protocolo de higiene bucal de fácil entendimento e execução.

Descritores: Higiene bucal, Pneumonia aspirativa, Unidade de terapia intensiva


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.