Diagnósticos de enfermagem mais frequentes em pacientes internados na Unidade de Terapia Intensiva Coronariana / Most frequent Nursing diagnostics in patients hospitalized in the Coronary Intensive Care Unit

Débora Vieira de Almeida, Karoline Faria de Oliveira, Jacqueline Faria de Oliveira, Nélia Luciana Pires, Viviane da Silva Alves Filgueira

Resumo


A compreensão das respostas do indivíduo às doenças cardiovasculares torna-se importante fator no raciocínio clínico da Enfermagem para que o planejamento da assistência seja realizado. Objetivo: identificar os diagnósticos de enfermagem da taxonomia II da NANDA mais frequentes de pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva Coronariana. Métodos: Trata-se de um estudo descritivo, exploratório e quantitativo. Foram identificados os diagnósticos de enfermagem de todos os pacientes internados nesta unidade. Esta pesquisa foi aprovada pelo Comitê de Ética em Pesquisa da UFTM, sob parecer 2114/2011. Resultados: A média de idade foi de 60 anos. As principais causas de internação foram: angioplastias (38,33%), cirurgias cardíacas, incluindo revascularização do miocárdio e troca de válvula mitral ou aórtica (18,33%), insuficiência cardíaca congestiva (ICC) (8,33%) e infarto agudo do miocárdio (IAM) (8,33%). O Domínio 4, Atividade/Repouso, apresentou maior concentração de diagnósticos identificados (54,69%), sendo os mais frequentes relacionados ao déficit de auto cuidado para higiene íntima (8,85%), banho (8,5%) e vestir-se (8,5%); seguidos pelos diagnósticos de risco de quedas (7,08%), mobilidade no leito prejudicada (7,08%), risco de infecção (6,37%), risco de sangramento (5,66%), risco de aspiração (4,25%) e (Risco de) Integridade da pele prejudicada (4,25%). Conclusões: Este estudo permite o planejamento da assistência necessária aos pacientes internados em Unidade de Terapia Intensiva Coronariana, vislumbrando assistência de enfermagem de qualidade.

Descritores: Unidades de terapia intensiva, Diagnóstico de enfermagem, Cardiopatias, Pacientes internados, Planejamento de assistência ao paciente


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.