Adenocarcinoma de pâncreas em paciente jovem: relato de caso

Camila Sayuri Horita Alves da Silva, Stefanie Ferreira Leite Mencacci Lucas, Érika Nakatsu, André de Moricz, Rodrigo Altenfelder Silva, Adhemar Monteiro Pacheco Júnior, Tercio De Campos

Resumo


O câncer de pâncreas é uma doença com alta agressividade,
tendo apenas 15% a 20% dos pacientes a possibilidade de
ressecção cirúrgica e cura ao diagnóstico, principalmente
devido à sintomatologia tardia que apresenta. Os fatores de
risco deste tipo de neoplasia são bem conhecidos quanto a
sexo, idade, etnia, fatores hereditários e ambientais. Descrevemos
o caso de uma paciente jovem atendida em julho de
2010 pelo Grupo de Pâncreas e Vias Biliares da Faculdade
de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo, do sexo feminino,
caucasiana e sem antecedentes familiares da doença
que apresentou icterícia obstrutiva rapidamente progressiva,
tendo chegado ao nosso serviço em pouco tempo, onde o
diagnóstico precoce foi realizado e a terapia potencialmente
curativa possibilitada.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.