Hérnia diafragmática pós-esofagectomia em portador de megacólon e megaesôfago chagásico: relato de caso / Diaphragmatic hernia after esophagectomy in patient with chagasic megacolon and megaesophagus: case report

Karina Silveira Salvadori, Marcelo Damaso Maruichi, Daniela Mayumi Takamune, Ruy França de Almeida, Celso de Castro Pochini, Danilo Gagliardi

Resumo


Na doença de Chagas, a associação de megaesôfago e megacólon sintomático é infrequente, assim como a hérnia diafragmática pós-esofagectomia transhiatal, sendo o fator de risco mais importante o alargamento do hiato diafragmático na operação. O caso a seguir mostra a associação dessas alterações em paciente com megaesôfago grau IV e megacólon. Foi realizada esofagectomia subtotal transhiatal com reconstrução do trânsito alimentar com estômago tubulizado, piloroplastia e jejunostomia. No quinto dia pós-operatório, realizou-se radiografia de tórax de controle após drenagem de pneumotórax bilateral, onde foram visualizadas alças intestinais no tórax sugestivas de intestino grosso. A seguir, realizou-se laparotomia exploradora com redução do cólon transverso, colectomia esquerda ampliada e colostomia terminal. O diagnóstico precoce da hérnia possibilitou tratamento de forma urgente, evitando complicações.

Descritores: Acalasia esofágica, Megacolo, Esofagectomia, Hérnia diafragmática


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.