Estimulação magnética transcraniana em psiquiatria

Carlos Gustavo Mansur

Resumo


Resumo Em 1985, Barker e colaboradores demonstraram que era possível agir em regiões cerebrais específicas com um campo eletromagnético potente e concentrado. Desde então a estimulação magnética transcraniana vem sendo desenvolvida, estudada, e ultimamente empregada como ferramenta terapêutica em neurologia e psiquiatria. Este artigo descreve sumariamente a técnica e seu emprego no tratamento de transtornos psiquiátricos. Discute também vantagens e desvantagens, além de mencionar perspectivas futuras.

Descritores: Estimulação magnética transcraniana, Psiquiatria/métodos, Psiquiatria/tendências, Transtornos mentais/ terapia


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.