Câncer gástrico avançado: complicação pós operatória – discussão de caso / Advanced gastric cancer: discussion of a case of post operatory complication

Fernando Henrique Garbelini Cóvos, Fádia Murad Falcão Ferreira, Paulo Fajolli Navarro, Patrícia Magalhães David, Wilson Rodrigues de Freitas Junior, Carlos Alberto Malheiros

Resumo


O câncer gástrico é uma das formas mais comuns de câncer no mundo que apresenta alta taxa de mortalidade; em 95% dos casos o tipo histológico é o adenocarcinoma. A despeito da evolução dos quimioterápicos, o tratamento de escolha da neoplasia gástrica ainda é o tratamento cirúrgico, que pode
cursar com complicações. Este é o relato de caso de MMSS, sexo feminino, 47 anos, atendida no Pronto – Socorro Central da Santa Casa de São Paulo com história de três meses de dor epigástrica e vômitos. Ao exame físico se apresentava emagrecida e descorada, com massa palpável e móvel, em
região epigástrica. A paciente foi submetida à endoscopia digestiva alta que evidenciou lesão gástrica sugestiva de neoplasia avançada tipo Borrmann IV, com a biópsia da lesão confirmando adenocarcinoma gástrico. O tratamento
realizado foi a gastrectomia subtotal com linfadenectomia à D2, que cursou com complicações graves no pós operatório com necessidade de novas intervenções cirúrgicas com sutura da artéria hepática e “damage control”. A paciente
apresentou piora do choque hipovolêmico e óbito. Com o objetivo de discutir as complicações do tratamento cirúrgico do câncer gástrico, descrevemos o presente caso. 

Descritores: Neoplasias gástricas/cirurgia, Adenocarcinoma, Excisão de linfonodo, Gastrectomia, Complicações pós-operatórias/mortalidade, Morbidade


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.