Aspectos da sexualidade na menopausa

André Vannuchi Badran, Ana Laura de Lima Araújo, Denys Ken Iti Nagae, Leonardo Rafael Takahashi, Nícolas Rafael Formícola, Walter Rodrigo Miyamoto, Roberto Adelino de Almeida Prado

Resumo


Introdução: A sexualidade é um pilar da qualidade de vida, que sofre diversas alterações no climatério, seja devido a causas orgânicas (doenças crônicas, medicamentos) ou não orgânicas (bloqueios emocionais). Material e Método: Foram entrevistadas pacientes no climatério ou na menopausa a respeito de condições associadas à sexualidade, desde perfil sociológico, até condições do estado de saúde e alterações mais diretas como bloqueios emocionais em relação a sexo e a qualidade do mesmo. Resultados: Foram entrevistadas 43 pacientes, com baixo nível socioeconômico e com alta prevalência de comorbidades. Foram encontradas as maiores taxas de vida sexualmente ativa entre o grupo de mulheres com idade igual ou menor que 55 anos, mulheres estas católicas, analfabetas ou com ensino fundamental, que não residem com menor de 18 anos, não necessitam de terapia de reposição hormonal, não têm depressão, conhecem e possuem orgasmo, não têm secura vaginal nem dispareunia e, por fim, pertence ao grupo que está namorando, casado ou morando junto. Merecem destaque as evidências de desajustes no relacionamento conjugal como empecilho à sexualidade.

Descritores: Sexualidade, Climatério, Menopausa


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.