Câncer do ovário: registro do Hospital Pérola Byington

Carlos González Ferreyra, Anna Carolina Bordini, Milton Sakano, Roberto Euzébio dos Santos, José Carlos Pascalicchio, Luiz Carlos Teixeira, Luiz Henrique Gebrim

Resumo


Este estudo teve por objetivo analisar a incidência, a distribuição etária, a extensão clínica, a freqüência dos tipos histológicos e as modalidades terapêuticas iniciais em câncer do ovário de mulheres atendidas no Hospital Pérola Byington. Foi utilizado o Registro Hospitalar de Câncer (RHC) e avaliado que 236 pacientes foram atendidas no período de 01/01/2000 a 31/12/2005. Esse resultado indica que o câncer de ovário ocupou 16,8% dentre os tumores ginecológicos. A maior incidência está situada na quarta e quinta décadas de vida, sendo a extensão clínica mais freqüente o EC III. A linhagem histológica mais comum foi representada pelos adenocarcinomas serosos e mucinosos (57,2% e 22,9% respectivamente). A modalidade terapêutica primária habitual foi a associação de cirurgia com a quimioterapia (56,8% dos casos).

Descritores: Neoplasias ovarianas, Incidência


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.