Complicações em ressecções craniofaciais: análise de 10 casos

Alexandre Babá Suehara, Norberto Kodi Kavabata, Milton Hikaru Toita, José Carlos Esteves Veiga, Antônio José Gonçalves

Resumo


As ressecções craniofaciais são procedimentos
extremamente complexos e associados a um significativo
número de complicações pós-operatórias em
razão das importantes estruturas a elas relacionadas.
Os autores realizaram estudo retrospectivo dos
10 primeiros pacientes submetidos à cirurgia
craniofacial para tratamento de tumores malignos de
cabeça e pescoço que acometiam a base do crânio na
Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Departamento
de Cirurgia da Faculdade de Ciências
Médicas da Santa Casa de Misericórdia de São Paulo,
no período de fevereiro de 1997 a março de 2002,
observando que a manipulação da dura-máter foi fator
importante na ocorrência de fístula liqüórica e
meningite, e que a perda do retalho microcirúrgico
agravava muito as complicações locais em decorrência
de infecção que aí se instalava.
Descritores:Crânio/cirurgia, Face/cirugia, Neoplasias
da base do crânio/cirurgia, Neoplasias cranianas/
cirurgia, Complicações pós-operatórias


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.