Avaliação da espiritualidade e religiosidade de pacientes com doença renal crônica em hemodiálise / Evaluation of spirituality and religiosity of patients with chronic renal disease on hemodialysis

Joelma Germano Souza, Acácia Maria Lima de Oliveira Devezas, Luciana Soares Costa Santos

Resumo


Objetivo: Avaliar a espiritualidade e religiosidade de pacientes renais crônicos em tratamento hemodialítico utilizando a Escala de Experiências Espirituais Diárias (EEED) e a Escala DUREL. Método: Pesquisa descritiva e exploratória com abordagem quantitativa dos dados. Amostra foi composta por 21 pacientes com doença renal crônica em tratamento hemodialítico. A coleta de dados foi realizada em abril de 2017, após aprovação do CEP da ISCMSP CAAE: 65430616.0. 0000.5479, por meio de um formulário contendo questões referentes à caracterização dos pacientes e os instrumentos: Escala de Experiências Espirituais Diárias (EEED), composta 16 itens sobre experiências espirituais diárias e a Escala de Religiosidade (DUREL), composta por cinco itens que mensuram três das dimensões do envolvimento religioso relacionadas a desfechos em saúde: Religiosidade Organizacional (RO); Religiosidade Não Organizacional (RNO); Religiosidade Intrínseca (RI). Resultados: Predomínio de mulheres, com média de idade de 39,5 anos, solteiras e ensino médio completo. A respeito das características religiosas, a maioria professa alguma religião, sendo predominante o catolicismo. Quanto à religiosidade, os escores da escala DUREL para o domínio RO e RNO obtiveram média de 3,09 e de 2,76 respectivamente, em uma variação de escores de 1 a 6 para ambos os domínios. O terceiro domínio RI obteve media de 5,41 pontos em uma variação de 3 a 15, indicando bom índice de Religiosidade. Quanto à espiritualidade avaliada pela Escala de Experiências Espirituais Diárias, a pontuação variou de 23 a 67 pontos, com média de 43,47 pontos, indicando moderada frequência nas experiências espirituais para esta amostra. Conclusão: Este estudo avaliou a frequência da religiosidade e espiritualidade de pacientes com doença renal crônica em tratamento de hemodiálise. A maioria dos participantes era do sexo feminino, solteiros, com ensino médio completo, predomínio da religião católica.  A média de idade foi 39,5 anos.  Em relação à avaliação da religiosidade obtida pelos escores dos domínios da Escala DUREL, os participantes mostraram bom índice de religiosidade. A pontuação da Escala de Experiências Espirituais Diárias variou de 23 a 67 pontos e média de escores foi de 43,47 pontos, indicando moderada frequência de experiências espirituais dos pacientes com doença renal crônica em tratamento de hemodiálise. Entende-se que o enfermeiro e sua equipe devem ter compreensão sobre a dimensão espiritual dos pacientes que estão sob sua assistência, pois é de fundamental importância que seja considerada a espiritualidade dos pacientes na assistência de enfermagem, uma vez que as pesquisas mostram que esta tem efeito positivo na saúde, além de proporcionar apoio nas situações vivenciadas pelos pacientes portadores de doenças renais crônicas em tratamento de hemodiálise.

Descritores: Religião, Espiritualidade, Insuficiência renal crônica, Diálise renal

 

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26432/1809-3019.2018.63.3.160

Apontamentos

  • Não há apontamentos.