Uso da psicoeducação e da respiração profunda para tratamento do tabagismo / Use of psychoeducation and deep breathing to treat smoking

Igor Bastos Polonio, Ricardo Abrantes do Amaral, Iris Galdino Ueda, Julliana Belico Esteves de Carvalho

Resumo


O objetivo de nosso estudo foi demonstrar que a respiração profunda pode ser uma ferramenta eficaz para diminuir a quantidade de cigarros consumidos, sintomas de ansiedade e sintomas de depressão e aumentar a motivação para parar de fumar, e que a biblioterapia potencializa estes efeitos.

O estudo foi composto por quatro grupos, cada um contendo 28 indivíduos.

Respiração profunda (RP): este grupo foi treinado quanto a técnica de respiração profunda, biblioterapia (B): esse grupo realizou a leitura de um livro   “Aqui se fuma! Aqui se para! Respiração profunda + leitura do livro (RD+ B): este grupo realizou a leitura do livro citado anteriormente e foi treinado quanto a técnica de respiração profunda, Controle (C): este grupo não sofreu intervenção. Os dados foram analisados pelo software sigmastat 3.5. Foi utilizado o teste t pareado para comparação inicial e final de cada grupo. O teste de análise de variância (ANOVA) foi utilizado para medir a diferenças das variáveis (delta) final – inicial, entre os grupos. Os grupos foram testados quanto à homogeneidade através do teste de análise de variância (ANOVA). Foi considerado significativo o valor de p < 0,05. Diante das intervenções propostas, houve diminuição significativa no número de cigarros consumidos nos grupos de respiração profunda (RP), biblioterapia (B) e no grupo onde há adição das duas técnicas (RP+B). Em relação a motivação para parar de fumar, houve aumento nos grupos RP e RP+B. Houve diminuição significativa dos sintomas depressivos em todos os grupos. Os Sintomas de ansiedade diminuiu de forma significativa nos grupos B, RP e C. Concluímos que a intervenção de respiração profunda pode ser útil para redução do consumo de cigarros e aumento da motivação para parar de fumar em uma população não motivada . A biblioterapia pode ser útil para redução do consumo de cigarros. A combinação das duas intervenções não foi superior às intervenções isoladas.

Descritores: Hábito de fumar/terapia, Abandono do hábito de fumar, Exercícios respiratórios, Autocuidado, Motivação

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26432/1809-3019.2018.63.3.168

Apontamentos

  • Não há apontamentos.