Avaliação das variáveis cardiorrespiratórias após o uso da terapia de rede de descanso em recém-nascidos pré-termo ventilados mecanicamente e sob oxigenoterapia / Evaluation of cardiorespiratory variables after the use of hammock position in mechanically ventilated preterm newborns and under oxygen therapy

Adriana Giamellaro, Elaine Aurelina Oliveira, Elaine Cristina Rodrigues, Natasha Ventura de Andrade

Resumo


Introdução: A terapia de rede de descanso é um recurso utilizado em UTI Neonatal com o objetivo de acalmar o RN e proporcionar um ambiente mais parecido com o útero materno. Entretanto, existem poucos estudos descrevendo esta terapia em RN internados na UTI neonatal, especialmente naqueles que utilizam suporte ventilatório (invasivo ou não-invasivo) ou sob oxigenoterapia. Objetivo: Avaliar as variáveis cardiorrespiratórias dos RN pré-termo ventilados mecanicamente ou em uso de oxigenoterapia, submetidos a terapia de rede. Método: O estudo é do tipo transversal descritivo realizado com 8 RN pré-termo internados na UTI do Hospital Municipal Professor Waldomiro de Paula (SP) no período de março de 2016 a março de 2017. Os RN foram posicionados na terapia de rede por 2 horas sendo avaliado a FC, FR, spO2 e intensidade da dor pela escala NFCS antes, durante e após a terapêutica. Resultados: Houve diminuição estatisticamente significante da FC, FR, SpO2 e intensidade da dor (p < 0,05). Não houve diferença estatisticamente significante em relação aos parâmetros ventilatórios (p > 0,05). Conclusão: A terapia de rede influenciou positivamente nas variáveis cardiorrespiratórias nos RN pré-termo ventilados mecanicamente e sob oxigenoterapia, com diminuição da FC, FR e aumento da SpO2, além de diminuição da intensidade da dor. Desta forma RN submetidos a ventilação mecânica invasiva ou não invasiva podem ser colocados em terapia de rede.

Descritores: Unidades de terapia intensiva neonatal, Recém-nascido prematuro, Respiração artificial, Posicionamento do paciente


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26432/10.26432/1809-3019.2018.63.3.173

Apontamentos

  • Não há apontamentos.