Coledocolitíase: da suspeita ao diagnóstico / Choledocholithiasis: from suspicion to diagnose

Caio Gullo de Melo, Constantino Mignone Neto, Eduardo Riello Pereira, Tercio De Campos, André de Moricz, Marcos Belotto de Oliveira, Adhemar Monteiro Pacheco Júnior, Rodrigo Altenfelder Silva

Resumo


Introdução: A coledocolitíase decorre da migração do cálculo biliar para a via biliar comum na maior parte dos casos. Se não diagnosticada e tratada adequadamente, pode ter consequências como colangite, pancreatite aguda e, em casos graves, cirrose e hipertensão portal. O diagnóstico da coledocolitíase é feito com base no quadro clínico e na realização de exames laboratoriais e de imagem. A fim de diminuir a realização de exames desnecessários, foram propostos critérios diagnósticos com o objetivo de aumentar a acurácia do mesmo. Objetivo: realizar revisão sistemática da literatura quanto aos métodos e critérios diagnósticos da coledocolitíase. Métodos: foi realizada pesquisa bibliográfica. Foram selecionados artigos internacionais e nacionais, na língua inglesa ou portuguesa, que dispusessem de artigo na íntegra, sem restrição de acordo com ano de publicação ou se foram realizados prospectivamente ou retrospectivamente. Resultados: os principais meios diagnósticos encontrados foram: estratificação de risco de coledocolitíase por critérios clínicos, laboratoriais e de ultrassonografia de abdome (USG). De acordo com o risco, podem ser utilizados exames de imagem, os quais são pré ou intra-operatórios. Conclusão: Após análise da literatura, os critérios de risco para coledocolitíase mais relevantes são: icterícia, colangite, gama-GT, bilirrubina total e dilatação da via biliar comum na USG. Como exames de imagem preconizados destacam-se: no pré-operatório, a colangiopancreatografia por ressonância magnética e colangiopancreatografia retrógrada endoscópica. Já no intraoperatório, a colangiografia intra-operatória.

Descritores: Coledocolitíase, Diagnóstico, Valor preditivo dos testes


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.