Diagnóstico e tratamento do plasmocitoma solitário ósseo em mandíbula / Diagnosis and treatment of solitary bone plasmacytoma in mandible

Dayane Mendonça dos Santos, Claudia Rebecca Costa Cavalcante Silva, Ney Morgado Vieira Filho, Luiz Felipe Lins de Sousa Santos, Valtuir Barbosa Felix

Resumo


Introdução: O plasmocitoma solitário pertence a um conjunto de desordens de células plasmáticas. É representado por uma massa lítica que pode ser encontrada nos ossos, sendo classificado como plasmocitoma solitário ósseo. O seu diagnóstico precoce é fundamental de modo a prevenir a progressão da doença para mieloma múltiplo. Relato de caso: Paciente do sexo feminino, de raça branca, com 81 anos, diagnosticada com plasmocitoma solitário ósseo em mandíbula à direita e tratada com radioterapia de 45Gy. Resultados: Dois anos após a conclusão do tratamento, a paciente continua em acompanhamento odontológico e hematológico, não demonstrando a evidência de transformação para mieloma múltiplo. Conclusão: Devido as características clínicas inespecíficas do plasmocitoma solitário ósseo, a correta utilização dos recursos atuais disponíveis para investigação da lesão possibilita um diagnóstico diferencial, assim como um acurado tratamento e uma proservação contínua da doença.

Palavras Chave: Plasmócitos, Mandíbula, Mieloma múltiplo

ABSTRACT

Introduction: Solitary plasmacytoma belongs to a set of plasma cell disorders. It is represented by a lytic mass that can be found in the bones, being classified as solitary bone plasmacytoma. Its precocious diagnosis is essential in order to prevent the progression of the disease for multiple myeloma. Case report: Female patient, Caucasian, 81 years old, diagnosed with solitary bone plasmacytoma in the right mandible and treated with 45Gy radiotherapy. Results: Two years after completion of treatment, the patient continues in dental and hematological follow-up, showing no evidence of transformation for multiple myeloma. Conclusion: Due the not specific clinical characteristics of solitary bone plasmacytoma, the correct use of available resources for investigation of injuries enables for a differential diagnosis, as well as an accurate treatment and a continuous disease preservation.

Keywords: Plasma cells, Mandible, Multiple myeloma


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.



ISSN 1809-3019 (online)

ISSN 0101-6067 (Impresso)