Fratura do osso navicular – relato de caso diagnosticado pela ressonância magnética com radiografia normal / Navicular bone fracture – a case report diagnosed by magnetic resonance imaging with normal radiography

Rafaela Danieli Bernardes, Marco Antonio Alves Braun, Marcio Luis Duarte, Lucas Ribeiro dos Santos, Marcelo de Queiroz Pereira da Silva

Resumo


Introdução: O osso navicular é um dos ossos do tarso que mais raramente sofre uma fratura. Com o formato de um barco e posicionado entre a cabeça do tálus e dos três cuneiformes, desempenha um papel importante na sustentação da coluna medial do pé. Uma vez fraturado, pode ter seu diagnóstico feito através da radiografia, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou ainda por cintilografia óssea. Objetivo: Relatar um caso incomum de fratura do osso navicular, diagnosticado apenas pela ressonância magnética. Relato do Caso: Mulher de 41 anos que após uma queda referiu dor em seu pé direito com piora ao caminhar. Apresentava dor à palpação na porção medial e dorsal do mediopé e edema. Radiografia do pé normal. A ressonância magnética apresentou traço de fratura na porção medial do osso navicular. Conclusão: Apesar de incomum, as fraturas do mediopé devem ser pesquisadas com métodos de imagem e, mesmo quando a radiografia seja normal, na continuação da sintomatologia do paciente, exames de maior acurácia devem ser realizados, tais como a TC e a RM.

Palavras chave: Ossos do tarso, Fraturas ósseas, Imagem por ressonância magnética

ABSTRACT:

Introduction: The navicular bone is one of the tarsal bones that most rarely suffers a fracture. Shaped like a boat and positioned between the head of the talus and the three cuneiforms, it plays an important role in supporting the medial column of the foot. Once fractured, the diagnosis can be made through radiography, computed tomography, magnetic resonance imaging, or even bone scintigraphy. Objective: To report an unusual case of fracture of the navicular bone, diagnosed only by magnetic resonance imaging. Case Report: A 41-year-old woman who, after a fall, reported pain in her right foot, which worsened when walking. He had pain on palpation in the medial and dorsal portion of the midfoot and edema. The radiograph of the foot is normal. Magnetic resonance imaging showed a fracture in the medial portion of the navicular bone. Conclusion: In spite of being uncommon, midfoot fractures should be investigated with imaging methods and, even when the radiograph is normal, in the continuation of the patient’s symptoms, more accurate tests should be performed, such as CT and MRI.

Keywords: Tarsal bones, Bone fractures, Magnetic resonance imaging


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26432/1809-3019.2020.65.018

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN 0101-6067 (versão impressa

ISSN 1809-3019 (online)

 

 

Licença Creative Commons
O Periódico "Arquivos Médicos dos Hospitais e da Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo", está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.