Hemorragia digestiva alta como manifestação atípica de síndrome de Mirizzi / Upper gastrointestinal bleeding as an atypical manifestation of Mirizzi syndrome

Maria Carolina Galli Mortati, Caio Barbosa Kaku, Felicia Peterson Cavalher, Jacqueline Montalvão Araujo, Caroline Petersen da Costa Ferreira, Henrique Mateus, Jacqueline Arantes Giannini, José Cesar Assef

Resumo


Introdução: Hemorragia digestiva alta (HDA) é um diagnostico comum no Pronto Socorro com diferentes etiologias. HDA é uma complicação rara de colelitíase, assim com síndrome de mirizzi. Apresentamos um caso de HDA por erosão de arteria gastroduodenal associada à Sindrome de Mirizzi. Relato de Caso: Paciente masculino 41 anos, imunossuprimido, admitido no pronto socorro com quadro clínico de hematêmese e instabilidade hemodinâmica. Após reposição volêmica e melhora hemodinâmica, foi submetido à endoscopia digestiva alta (EDA), onde foi evidenciado sangramento vultoso e em jato. Paciente apresentou piora hemodinâmica súbita, sendo a EDA suspensa e realizada laparotomia exploradora. No intraoperatório foi diagnosticada Síndrome de Mirizzi tipo Va, com fístula completa com duodeno, fístula incompleta com ducto hepatico comum e erosão da artéria Gastroduodenal com sangramento ativo. Foi realizada gastrectomia parcial e sutura da via biliar com drenagem à Kehr. Paciente evoluiu com choque séptico e foi a óbito dois dias depois. Conclusão: Sangramento digestivo alto secundário à Sindrome de Mirizzi é uma manifestação clinica bastante rara.

Descritores: Síndrome de Mirizzi, Colelitíase, Colecistite


Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.26432/1809-3019.2018.63.1.49

Apontamentos

  • Não há apontamentos.