Conhecimento dos discentes de um curso de enfermagem acerca do testamento vital / Nursing student's knowledge about the living will

Autores

  • Nathalia Cristina de Freitas Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Curso de Graduação em Enfermagem. São Paulo – SP
  • Maria Angela Reppetto Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo. Curso de Graduação em Enfermagem. São Paulo – SP

DOI:

https://doi.org/10.26432/1809-3019.2021.66.001

Resumo

Introdução: O avanço da medicina e a sobrevivência de pacientes com doenças graves consideradas anteriormente irrecuperáveis resultou no prolongamento do processo de morrer do paciente e, consequentemente no sofrimento adicional para o paciente e seus familiares. Nesse contexto emergiu o Testamento Vital (TV). O TV é um documento redigido por uma pessoa no pleno gozo de suas faculdades mentais, com o objetivo de dispor acerca dos cuidados, tratamento e procedimentos que deseja ou não ser submetida quando estiver com uma doença ameaçadora de vida, fora de possibilidades terapêuticas e impossibilitado de manifestar livremente sua vontade. Objetivo: Verificar o conhecimento dos discentes de um Curso de Graduação em Enfermagem acerca do TV. Material e Método: Tratou-se de um estudo transversal, descritivo, de natureza quantitativa. Os sujeitos da pesquisa foram discentes do dos 7º e 8º semestres do Curso de Graduação de Enfermagem. Foi aplicado um formulário com questões sobre o perfil sociodemográfico e relativas ao TV. Resultados: 8 (25%) discentes responderam adequadamente a definição do TV, 14 (43,75%) responderam de forma parcialmente adequada, e 8 (25%) responderam não ter conhecimento; com relação í  vontade expressa no TV 31 (97%) respeitariam. 18 (56%) discentes afirmaram não ter discutido sobre o tema TV durante a graduação e 9 (28%) discentes afirmaram ter conhecimento sobre a Resolução CFM Nº 1.995/2012; 8 (89%) que adquiriram durante a graduação na disciplina Ética e Exercí­cio de Enfermagem II. Discussão: Os resultados se aproximam de um estudo realizado com discentes de medicina, onde apenas 23% entendiam plenamente a definição do TV; 77,6% dos discentes não tiveram a oportunidade de discutir sobre o tema durante a graduação; e 91% desconheciam a Resolução do CFM Nº 1.995/2012. Conclusão: Nesse estudo concluí­mos que o conhecimento dos discentes de graduação em enfermagem acerca do TV não é totalmente adequado, apesar de ser abordado em uma disciplina do curso. Dessa forma, acreditamos que faz-se necessário que esse conteúdo seja abordado em outras disciplinas da matriz curricular do curso.

Palavras chave: Testamento quanto í  vida, Diretivas antecipadas, Estudantes de Enfermagem

ABSTRACT

Introduction: The advance of medicine and the survival of patients with unrecoverable serious diseases results in the prolongation of the patient's death process and, consequently, in the additional suffering of patients and their families. In this context came the Living Will (LW). The LW is a document written by a person in the full enjoyment of their mental faculties, with the purpose of disposing about the care, treatment and procedures that they want or not to undergo when they are with a life-threatening disease, beyond therapeutic possibilities and unable to freely manifest their will. Objective: Verify the knowledge of students of a Nursing Undergraduate Course about the LW. Material and methods: A cross-sectional, descriptive, quantitative study. The research subjects were students from the 7th and 8th semesters the Nursing Undergraduate Course. A form with questions about sociodemographic profile and about the LW was applied. Results: 8 (25%) students adequately answered the definition of LW, 14 (43.75%) answered partially adequate, and 8 (25%) answered have no knowledge. 31 (97%) students answered would respect the will expressed on LW; 18 (56%) students said they did not discuss the topic of LW during the graduation. 9 (28%) said they had knowledge about CFM Resolution Nº 1.995/2012, 8 (89%) said they had acquired knowledge about CFM Resolution Nº 1.995/2012 during the graduate in the subject Nursing Ethics and Exercise II. Discussion: The results are similar to a study with medicine students, where only 23% of students fully understood the definition of LW; 77.6% of students did not have the opportunity to discuss the topic during the graduation and 91% were unaware of CFM Resolution Nº 1.995/ 2012. Conclusion: Concluded that the knowledge of undergraduate nursing students about LW is not entirely adequate, despite being addressed in a course discipline. Thus, we believe that it is necessary this content to be addressed in other disciplines of the curriculum of the course.

Keywords: Living wills; Advance directives; Students, nursing

Publicado

2021-04-23

Como Citar

Freitas, N. C. de, & Reppetto, M. A. (2021). Conhecimento dos discentes de um curso de enfermagem acerca do testamento vital / Nursing student’s knowledge about the living will. Arquivos Médicos Dos Hospitais E Da Faculdade De Ciências Médicas Da Santa Casa De São Paulo, 66(1u), 1 of 6. https://doi.org/10.26432/1809-3019.2021.66.001

Edição

Seção

ARTIGO ORIGINAL